top of page

Brasil passado a limpo


O Brasil construiu, com muita dificuldade, uma democracia que busca consistência em uma atmosfera de liberdade relativa ainda não vivenciada. A proposta cidadã liderada por Ulysses e Tancredo nos trouxe a anistia, as eleições livres, a Constituição de 1988, o pluralismo e a alternância no poder. O Plano Real concedeu-nos bases importantes para o desenvolvimento econômico e social. Atualmente as doutrinas totalitárias ou antidemocráticas têm expressão marginal. A democracia é um valor universal e permanente. Entretanto, a qualidade de nosso futuro está no âmbito de nossas instituições. Por isso, é fundamental observarmos suas características, notadamente, devem ser exemplares.

Algo que me faz refletir muito, com relação à este contexto são justamente as instituições públicas e representativas, como Câmara e Senado, que elaboraram e elaboram nossas “Leis”, fizeram nossa “Constituição” ( e à ela aplicaram e aplicam muitas emendas), ressalto neste ponto a minha preocupação, eis que estes parlamentares, que em boa parte são suspeitos de crimes e malversação de verba pública, as aprovaram, as aprovam e referendam (ao seu bel prazer e momento político).

Talvez por isso, boa parte de nossas leis pareçam “pega ratão”, atendem a subjetividade de interesses, que por vezes, nem sabemos quais sejam.

Sinceramente, creio que o país deva ser passado a limpo, sejam revistas e reformuladas suas Leis e Constituição de modo que as tornemos conhecidas e entendidas por todos (como acontece nos países desenvolvidos), em número menor e objetivas. Em caso contrário, vamos continuar subordinados à Leis e a um Sistema (que se demonstra corrupto) que nos ” escraviza” e nos pune com desastres econômicos de “tempos em tempos”, esfacelando nossas “economias” porquê não temos como poupar, pois pouco nos sobra.



 

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page